Descarbonização

Descarbonização: por que sua empresa deve apostar nessa ideia

Alcançar uma economia de baixo carbono é um dos grandes desafios deste século. Mudanças climáticas, aumento na temperatura do planeta e emissões massivas de gases do efeito estufa na atmosfera (GEE) indicam: agir pela descarbonização é preciso.

Deste debate, participam organismos internacionais como as Nações Unidas (ONU), ativistas ambientais e, principalmente, as empresas, que têm nas mãos uma grande oportunidade de virar o jogo a favor do meio ambiente.

Isso pode ser concretizado por meio da redução de GEE na atmosfera, conforme prevê o Acordo de Paris da ONU, assinado em 2015 por 182 países com o objetivo de impedir que o aumento da temperatura da Terra chegue a 2°C. Assim, essas nações estão comprometidas com as Contribuições Nacionalmente Determinadas (NDCs, na sigla em inglês).

Sua empresa pode impulsionar esse movimento e participar ativamente da construção de uma economia de baixo carbono. É sobre isso que falaremos a seguir.

>>> Conheça iniciativas de baixo carbono da ENGIE

Onde e como a descarbonização acontece na sua empresa

Por ser um dos principais insumos da atividade econômica, a energia elétrica está no centro da discussão sobre a redução dos GEE. Assim, optar pelo uso de fontes renováveis de energia para as operações é uma das formas de conter emissões de carbono e descarbonizar os processos empresariais.

Para comprovar a efetiva redução dessas emissões, iniciativas como o Programa Brasileiro GHG Protocol fomentam a produção de inventários corporativos de GEE, onde empresas aprendem a calcular  e gerenciar os gases emitidos. A partir da elaboração dos inventários, as companhias ganham vantagens competitivas em função da sustentabilidade.

O Programa Brasileiro GHG Protocol ajuda as empresas a contabilizar as emissões de GEE em três escopos que integram os inventários:

Escopo 1 – O escopo 1 refere-se às emissões diretas de GEE, ou seja, aquelas relacionadas à atividade fim da empresa.

Escopo 2 – No escopo 2, são calculadas as emissões de GEE relativas à compra de energia elétrica da rede ou de vapor.

Escopo 3 – Também relacionado às emissões indiretas, o escopo 3 do inventário de GEE trata de outros processos das empresas, como extração e produção de matérias-primas, viagens ou transporte, etc.

  >>> Saiba mais sobre ações para o seu inventário de GEE nos escopos 1, 2 e 3

Para que você saiba mais sobre descarbonização e os escopos do inventário de GEE de uma forma leve, preparamos um vídeo especial. Confira abaixo:

E se estiver em busca de energia renovável para descarbonizar sua empresa, clique aqui e vamos conversar.

Gostou? Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Be the first to write a comment.

Escreva um comentário