Energia eólica é a segunda maior fonte energética do Brasil

Energia eólica se posiciona como a segunda maior fonte energética do Brasil com crescimento de 14,7% em 2019.

Segundo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), em novembro de 2019, a região Nordeste apresentou novos recordes de geração eólica com pico de 9.755 MW e fator de capacidade de 83,2%.

Atualmente, a geração eólica representa cerca de 8,6% da matriz energética do país, atingindo a marca de 15,1GW da capacidade instalada, são mais de 7 mil aerogeradores espalhados pelo Brasil em 601 parques eólicos, reduzindo até 28.000.000 toneladas de CO2, ao ano.

De acordo com o relatório publicado pela Agência Internacional de Energias Renováveis, sigla IRENA em inglês, as eólicas podem atender até 35% das necessidades globais em energia, tornando-se a principal fonte de geração do mundo até 2050.

Para contribuir com esse objetivo, a ENGIE Brasil Energia, maior geradora e comercializadora privada de energia do país, tem realizado investimentos voltados à criação de novos conjuntos eólicos. Campo Largo foi o primeiro investimento em energia eólica na Bahia, reunindo, na sua primeira fase, 11 parques eólicos, com 121 aerogeradores e capacidade instalada de 326,7 MW.

Em junho de 2019, demos start às obras do conjunto eólico Campo Largo 2, que está sendo construído próximo a outros dois conjuntos: Campo Largo I (326,7 MW) e Umburanas (360 MW).

O empreendimento será o maior complexo eólico da ENGIE no mundo, com 361,2 MW de potência instalada e a energia gerada sendo vendida 100% para clientes do Mercado Livre.

Com este novo investimento, buscamos o registro de Campo Largo 2 no Mecanismo de Desenvolvimento Limpo da ONU, contribuindo, desta forma, para uma matriz energética cada vez mais limpa.

ENERGIA RENOVÁVEL GARANTIDA

Para empresas com pressa de futuro e que pensam nas próximas gerações, reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE) por meio do uso de energias renováveis é uma maneira de agregar valor às empresas e contribuir com uma economia de baixo carbono.

Neste contexto, damos mais um passo para ajudar no processo de desenvolvimento sustentável através dos ENGIE-RECs, contratos de fornecimento de energia renovável no Mercado Livre que garantem além da origem da geração de energia, exclusividade do atributo ambiental a partir das usinas eólicas e hidrelétricas da ENGIE.

Entenda um pouco mais sobre o ENGIE-REC dando play no vídeo abaixo:

A L’ORÉAL BRASIL JÁ É PARCEIRA DA ENGIE NA TRANSIÇÃO ENERGÉTICA

A organização tem como uma de suas metas reduzir 100% das emissões de gás carbônico ao longo do seu processo produtivo. Para alcançar esse objetivo conta com a parceria da ENGIE na garantia do uso exclusivo de eletricidade proveniente de fontes renováveis em todas as suas unidades, através dos contratos de ENGIE-REC.

Com essa medida, a L’Oréal Brasil deixará de emitir 7.000 toneladas de CO2 na atmosfera, o equivalente ao plantio de mais de 43.000 árvores. A energia eólica que abastece as fábricas, centros de distribuição, centro de pesquisa e a sede da L´Oréal Brasil é gerada no Conjunto Eólico da ENGIE, no município de Trairi, no Ceará.

Acompanhe esse case de sucesso no vídeo:

Adquira o ENGIE-REC para sua empresa e conheça outras soluções de baixo carbono aqui

Gostou? Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Be the first to write a comment.

Escreva um comentário